Chinchulin – coprofagia à argentina


Em minha gana de viver como os nativos nos lugares que passo e não como turista degustei uma iguaria ímpar… de paladar duvidoso e que me ajudou a criar um novo parâmetro gastronômico em minha vida: COMER COCÔ NÃO É BOM (leiam o texto abaixo para diminuir a tensão).

“Chinchulin, talvez o mais interessante e menos conhecido prato da culinária dos nossos primitos do sul (“hermanitos” é exagero, tenha dó!). Se você for procurar pelo Google, encontrará muitas referências ao quitute, quase todas em espanhol, mas nenhuma em bom português. Não posso, então, perder a oportunidade de esclarecer: chinchulin é o churrasco preparado com o primeiro terço do intestino delgado de uma vitela. E vitela, pra quem não sabe, é uma vaca teen. (Já posso ouvir os engulhos. Espere aí, não vá vomitar agora! Ainda não acabei.)
Mesmo não pretendendo prepará-lo em casa, procurei saber como era feito o prato. Encontrei meia dúzia de receitas em sites de culinária, todas dizendo mais ou menos a mesma coisa: separe o primeiro terço (uns 3 metros) do intestino delgado de uma vitela, retire-lhe o excesso de gordura, cubra com sal grosso, deixe na geladeira por algumas horas para temperar, corte em pedaços de 20 centímetros e leve à brasa. Esprema um limãozinho por cima e pimba!
Você deve ter percebido que, em nenhum momento, mencionei que a tripa deva ser limpa por dentro. Este é o ponto. E, a menos que sua vitelinha tenha vindo a falecer depois de definhar por alguns dias numa UTI veterinária, recebendo apenas alimentação parenteral intravenosa, seus intestinos estarão… (como dizer para não assustar o leitor?)… cheios de bosta. Se considerar que se aproveita apenas o primeiro terço do intestino do animal, que ele não é carnívoro, e que, provavelmente, ainda mamava na ocasião do abate, você encontrará a explicação para o aspecto de requeijão cremoso do “recheio” de seu (dele) intestino.”

Texto totalmente chupado do yahoo grupos – livro de receitas

E pra ferrar mais com tudo, este foi um dos piores chopp que tomei na vida: “Dava dó de você Véio, pq depois de comer, eu ainda tinha a coca-cola pra tirar aquele gosto horrível da boca… já você estava bebendo aquele chopp horroroso…”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: