O mundo está virando caçulinha

Este conceito, criado e alterado pelo Bazzan, foi um dos vários, para não falar infinitos alicerces deste video-show.

Em um sábado de manhã qualquer, acordei, e poderia tri ido ao Ibirapuera correr, mas fui na cozinha, peguei um pacote de bolacha Passatempo, sentei na sala e comecei a dar uma percorrida nos canais sabadais matinais.

Acho que entre a terceira ou quarta mudança de canal, me dei conta que o pacote de bolacha estava se findando. Veja abaixo um comparativo do pacote de bolacha e meu pé… reparem que o que restou do pacote é menor que o meu calcanhar!!!

Depois disso, passei o resto do sábado filosofando sobre a caçulinidade mundial… antes o rolo de papel higiênico tinha 50 metros default. Hoje o de 50 metros é o extra-comprido e o default está em 40 metros.

É normal você ver nas latas e caixas de produtos alimentícios avisos de redução de x% do total.

Nos tempos da brilhantina, era habitué pedir 200g de mussarela, ao passo que hoje em dia a maioria da população não passa dos tradicionais 180g.

Até lata de cerveja com menos de 350ml os fracos já podem usufruir.

Obviamente que não quero entrar no mérito de que embalagens menores facilitam o transporte, ou que as famílias estão cada vez menores, ocasionando uma redução no consumo, ou ainda que embalagens menores utilizam menos materiais como papel, gerando diminuição no corte das arvorezinhas e blah blah blah, porque isso é clichezão… isso aí é lugar comum… e não leva ninguém ou nada a lugar nenhum.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: