Picanha à St. Patrick

Todos sabem que no último dia 17 foi o dia de St. Patrick. Santo irlandês e tal.
Para festejar, muitos foram aos Pubs espalhados pelas respectivas cidades e tomaram seus copos de Guinness ou outra cerveja.

Nós, porém, fizemos diferente: um jantar regado à muitas Guinness e uma carne que leva a própria cerveja na sua produção!

Como o processo foi longo, e complicado (afinal eu tinha que beber e filmar 2 pratos sendo produzidos ao mesmo tempo), a edição não ficou aqueeeelas coisas, mas serve para vcs terem uma idéia do resultado final.

Importante lembrar que o gran chef varonil, responsável pela arte cervejística é o ilustre Leandro do Cozinha Pequena.

– Ingredientes:
01 picanha (ou coxão duro) com 900 ~ 1100 gramas.
Azeite QUANTO BASTE (deve ser umas 3 colheres de sopa)
01 lata de Guinness
03 ramos de alecrim fresco – plantados por virgens nuas 1x ao ano
1 cebola média ralada
1 pedaço de bacon, sempre bacon, de 200 gramas
1 cubinho de caldo de carne (ou picanha ou costela)
1/2 cubículo de caldo de vegetais

– Modo de fazedura
Comece aquecendo bem a panela. Fogo bem alto, de preferência a boca grande do fogão.
Coloque o azeite, e junto do azeite, a carne, com a parte da gordura virada para cima.
Deixe selar bem, ficando bem dourada. Não tenha medo de queimar, e nem fique virando. Afinal isso aqui é pra macho. O “queimadinho” que fica na panela ajudará no sabor.
Faça o mesmo procedimento com a lateral da carne. A peça de picanha fica de pé, se é que você me entende.
Por último, doure, sem querer fazer alusão alguma ao Dourado do BBB10, o lado da gordura. Doure bem, a gordura vai derreter bastante e você terá uma peça bem tostada.
Enquanto você faz esse último procedimento, puxe a carne para o lado da panela, e no lado que ficará vazio, você joga o bacon, e por cima a cebola. Como no vídeo, afinal é pra isso que o video serve!
Não deixe queimar a cebola, de jeito nenhum. Ou seja, não mexa muito. Não é o ogo que queima e sim fcar mexendo.
Quando a carne estiver dourada como eu disse acima, você joga a lata de Guinness inteira dentro da panela, junto das folhas de alecrim – sim, o mesmo alecrim plantado pelas virgens nuas 1x ao ano em algum lugar do cosmos – e dos cubículos de caldo.
Feche a panela de pressão, deixe ela pressurizar (começar a fazer barulho), e baixe o fogo para o mínimo.
40 minutos de fogo baixo, retire a pressão da panela e abra. A carne deve estar bem escura, com certeza estará pronta. Com certeza! Vai por mim… vem comigo que tu passa de ano!
É só fatiar e colocar as fatias na panela com o molho escuro que ficou. Por fim, mas não menos importante, mexa um pouco a carne, só pro molho se misturar e já era, man!
Só servir!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: