Suflê, sem farinha, de alho poró e queijo gruyere

A idéia de fazer um suflê surgiu quando pesquisava receitas que, sempre que lia um cardápio, achava que eram difíceis de serem realizadas. Antes de ir para casa, procurei algumas receitas e percebi que fazer um suflê é muito mais fácil do que imaginava!

O segundo mito que caiu nesta receita é que suflê precisa, necessariamente, de farinha, ou seja, esta é uma receita sem glúten. Pode ser até que precise, mas posso afirmar, e vocês verão, que eu fiz um suflê sem usar 1 grama de farinha (mesmo que todas as receitas na internet apresentem a farinha como um ingrediente).

Ainda, esta receita de suflê de alho poró e queijo gruyere é muito boa para as pessoas que estão fazendo a dieta das proteínas ou a dieta Atkins, pois, como não tem farinha, não agride, sua alimentação, sendo que você pode ainda, alterar o tipo do queijo, como por exemplo o parmesão.

Depois que vocês entenderem a base da receita do suflê, perceberão que os ingredientes podem ser, facilmente substituídos ou agregados: retire o alho poró e adicione palmitos picados (obviamente que vocês não deixarão o palmito reforgar tanto tempo), tomates picados, ricota, espinafre, etc…

Ingredientes (para 2 pessoas):
– 3 ovos (gema e clara separados)
– 2 talos de alho poró (lavados, sem terra)
– 150g de queijo ralado (em lascas grandes)
– 300ml de leite
– 1/2 cebola (picada)
– sal
– noz moscada
– azeite

Modo de fazer
Refogue, em uma frigideira com azeite, a cebola e o alho poró, devidamente picados. Uma vez refogados (quando tudo estiver bem molinho), aumente o fogo e adicione o leite quente (sim, aqueça o leite antes de colocar na frigideira). A cada vez que tu derramar um pouco de leite, mexa.

Deixe dar uma esquentada boa, fervida, reduzida… enfim, nem sei que verbo usar, use a sua intuição.

Após isso, adicione as gemas. de uma vez, mas devagar e não pare de mexer. Quando aquilo parecer um omeletão, desligue o fogo e coloque tudo em um recipiente com as claras em neve (sim, espero que você já tenha feito isso apesar de eu não ter falado). Se vocês perceberem que tem muita neve pra pouco ‘omeletão’, faça como eu: retire um pouco.

Em seguida, divida o suflê em pequenos potes que possam ir ao forno (obviamente que pré-aquecido). O tempo no forno varia de 25 a 35 minutos, dependendo do seu forno.

O suflê vai crescer e dourar. Recomendo colocar um pouco de queijo ralado em cima do suflê antes de colocar no forno.

Nesta receita eu fiz um medalhão de filê mignon, extremamente alto. Para o medalhão, deixei os clássicos 2 minutos de cada lado na frigideira ultré-quente e depois deixei também as laterais, visto que a altura do medalhão permitia isso.

Não temperei a carne antes de colocar na frigideira, temperei no próprio prato, com flor de sal. Não queria que o tempero interferisse em nenhuma variável no processo de ‘frigideiração’ do medalhão.

A combinação ficou muito boa e caiu como uma luva, novamente, para quem está seguindo a dieta das proteínas ou a dieta Atkins!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: